Contacte-nos: 934564586/87*

*gratuito para chamadas realizadas através de nº fixo

Newsletter Janeiro

Consulte aqui a nossa newsletter de Janeiro
Facebook icon Forward icon

Exercício físico protege a memória dos idosos

Estudo publicado na revista Neurology

Segundo pesquisa britânica da Universidade de Edimburgo, a atividade física pode ser melhor do que os exercícios que estimulam a mente, como palavras-cruzadas, para proteger o cérebro contra o envelhecimento.

Num estudo feito com quase 700 idosos com idades entre 70 e 73 anos, durante 3 anos, os especialistas concluíram que quem é fisicamente ativo tem maiores volumes das massas cinzenta e branca do cérebro, o que indica que os danos na memória e na cognição, que ocorrem naturalmente com a idade, são menores nesses indivíduos.

A massa cinzenta é uma região do cérebro que possui o corpo das células nervosas e que abrange partes do órgão envolvidas no controlo muscular, memória, fala e perceção sensorial, tais como ver e ouvir. A massa branca, por outro lado, conecta regiões do cérebro envolvidas no processamento das emoções, atenção, tomada de decisão e controle cognitivo. É normal que o cérebro diminua quando uma pessoa atinge uma idade mais avançada e, portanto, que essas funções se danifiquem com a idade.

A equipa de investigadores aplicou um questionário sobre atividade física, hobbies e outros hábitos, e também realizou exames de imagem no cérebro desses indivíduos.

Os resultados revelaram que os idosos que praticavam mais  volume de massa cinzenta e branca no cérebro. Também mostraram estar mais protegidos contra lesões no cérebro que prejudicam a cognição e a memória em comparação com os idosos que praticavam menos exercício físico. Os autores não encontraram, porém, diferenças significativas entre o cérebro daqueles que faziam mais ou menos atividades de lazer que não eram físicas, como palavras-cruzadas e leitura.

Deixamos-lhe aqui alguns exercícios e alongamentos simples indicados para pessoas idosas.

Rosto
Abrir e fechar os olhos; Franzir nariz; Abrir a boca.

Rotação do Pescoço e Cabeça
Rotação de trás para a frente, direita para a esquerda e rotação de 360°.

Membros Superiores
Rotação das articulações dos pulsos (à volta); Articulação dos dedos (abrir e fechar mão e movimento de estalar os dedos); Rotação das articulações dos cotovelos (cima-baixo e trás-frente); Levantar e baixar braços ao teto, os dois ao mesmo tempo; Rotação dos ombros (cima-baixo); Tocar com a palma da mão direita no ombro esquerdo e vice-versa; Dar 3 palmas no alto e a frente do corpo e dar 3 palmas nas coxas; Entrelaçar os dedos e "empurrar parede"; Movimento de abertura e fecho de braços (com e sem bater palmas); Puxar e empurrar, ambos os braços ao mesmo tempo; Puxar e empurrar com rotação para as laterais; Murros no ar para a frente; Movimentação dos braços para os lados, com estes acima da cabeça; Para quem se levanta acresce: abre e fecha braços; levanta e baixa braços; baixa alternadamente para o lado direito e esquerdo, com costas direitas.

Membros Inferiores
Rotação das articulações dos tornozelos (cima-baixo e direita-esquerda); Articulação dos joelhos (frente-trás) (pontapés no ar); Elevação frontal da perna, com articulação da perna e anca (cima-baixo); Pedalar no ar; Para quem se levanta acresce: step touch (frente e trás), alternado e também para a lateral; pisa atrás alternado; levantar perna com joelho alternado; calcanhar ao rabo alternado; agachamento; levantar e baixar calcanhares.

Tronco e cintura
Sentado, alternar círculos com o tronco, em ambas as direções; Rotação da cintura (em pé, 360°); Sentado, inspirar, baixar tronco (expirar) e subir (inspirar); efetuar o mesmo movimento abrindo os braços para os lados, quando sobe o tronco (manter inspirar-expirar).

Alongamentos com Relaxamentos
Leve rotação de tornozelos, leve rotação de perna do joelho para baixo, leve rotação de cintura, leve rotação de pulsos, leve rotação de cotovelo, ombros para cima e para baixo, elevar e rotação dos braços, juntos e individualmente, leve rotação do pescoço primeiro para um lado e depois para o outro. Inspirar e Expirar profundamente durante todo o relaxamento, tentando concentrar atenção nos movimentos.

Chocolate ajuda a melhorar a memória e raciocínio de idosos 

Os produtos ricos em cacau possuem alto teor de um composto antioxidante e anti-inflamatório (flavonoides) que melhora o fluxo sanguíneo no cérebro, ajudando a aumentar a função cognitiva.